7.11.12

Saltos Altos.

O rabo mais espetado, a perna mais elegante, a figura mais esguia… C.O.R.T.A!
8h45: Calça o sapato! Gira! Toda confiante para o elevador! (Miro-me ao espelho, por cima de 2 cabeças encaracoladas, espeto um bocado o rabo, gira que estou!)
8h46: Criança de 2 anos a fugir pela garagem! Anda cá! Vai para o carro! Não fujas! (Primeira corridinha com sapatos de salto alto! Arrasta o pezinho, dá de lado!) Epáaaaaaa! Tropeço em qualquer coisa invisível, agarro o braço da miúda, quase que me baldo porque ela já se baldou, assim esparramada no chão… tec! Tec! Tec! Ainda gira que estou, anca para lá, anca para cá! Lá entramos no carro!
9h25: Porta da escola! Primeira paragem. 2 Crianças, uma ao colo, 1 mala, 2 lancheiras, casacos, fechar a porta do carro, começar a andar ligeiramente inclinada. Subir a primeira escadaria, entregar a primeira criança, inclinar-me para beijinho (fazer um esforço sobre-humano para me reerguer, haaaaaaaaaa! Já estáaaaaa…Tá!), descer a escadaria!
9h35: Atravessar a passo acelerado, aceleraaaaaaaaaaaadOO! A Av. Gago Coutinho! Corre, corre… a ligeira inclinação para a frente começa a fazer-se acompanhar de um rabo espetado em mega esforço, a criança que levo ao colo é tipo saca de batatas… 13kg… de geeeeente, a espernear para carregar no botão do Semáforrrrrrrrro! Pára, miúda! Ainda caio!
9h37: Subir a segunda escadaria. Bom dia! (Mães de salto agulha… do que é que me queixo? Mães de saia travada… para onde vão estas mulheres?) Tirar casaco à criança… terceira escadaria, sobe, sobe rabo gordo, pernas preguiçosas, sobe sooooooooobeEEEÊ!
09h53: Corre, mulher, corre… são quase 10 horas…correeeeeeeeeÊ! Carro estacionado a 1km da loja… para não pagar parquímetro… Corre, mulher, corre!
Gira? O rabo mais espetado, a perna mais elegante, a figura mais esguia? ONDE? ONDeeeeeeeeeeeeeeee?
10h10: Pessoa com uma luxação na anca, Eu, de saltos altos! Em sofrimento atroz por causa da ciática… pessoa meia coxa, tal o esforço. Coluna em ângulo de 35graus (não sei o que isto dá em termos práticos, entendam mulher inclinada, para a freeeeeeeeeeente!)
10h11: Abro a porta da loja! Tudo por aspirar! Saltos altos nos pés! Gritos silenciosos! Muitos “Merda pra isto tudooooooooooo!”. Tudo por aspirar… saltos Altos, ALTOS!
10h12: Lembrança dos infernos: “Hoje chegas a casa às 23h00… hoje é dia de curso… hoje lá pelas 18h entras no metro, mudas de comboio no Marquês… subir e descer escadas, mudas de comboio na Baixa-Chiado… subir e descer escadas… sais no Cais do Sodré… subir escadas... caminhas, caminhas, corressssss, quassse tropeças, pontapeias folhas à tua passagem, porque já só arrastas os pés… saltos altos! A.L.T.O.S!”
10h13: Dão chuvas torrenciais para hoje…
10h14: Para onde vão estas mulheres de saltos altos? Para onde, senhor do Céu? Algumas também já vão a marchar… numa vã tentativa de aguentar sem cair, sem as rótulas darem de si… Tec Tec Tec! E ainda são 10h…
10h15: Rabo murcho, murcho, 2 nádegas espalmadas contra a ganga das calças, murchas… 2 pernas tremeliques, ui que ainda caio… ai caio, caio, estatelo-me na loja… uma pessoa marreca ocupa o meu corpo que esta hora de esguio tem apenas a perna da ciática meio esticada de lado, qual Nureyev (tem mesmo que ser o Nureyev, porque até as mamas se me murcharam tal é a marreca à conta dos saltos!).
13h25: Não tarda, saio daqui, tenho que correr até ao carro, 1 km para não pagar parquímetro… levar o gato ao veterinário, tosquiá-lo, dar-lhe banho, esse monte de pulgas que brincou que se fartou 3 meses num jardim e regressou a casa cheio de nós no pêlo… hoje vai ao cabeleireiro… carregar a mala com o gato… para lá… para cá… Oh Joy! Heaven on Earth!
Note to self: À pergunta: “Que idade tens para andar de ténis todos os dias, já não és nenhuma miúda…” A resposta: “ O camandro é que não tenhuuuuuuuuuu! Tás ouvir? O c.am.a.n.d.r.o!
Agora bem podia dar uns saltinhos pelo Obama, mas a minha ciática… os saltos altos pá! Ainda assim, OBAMAAAAAA! Cool!

8 comentários:

  1. ahahhahahhaha, qd fôr ãe ando descalça!!!
    (nao sei como cnsegue)

    ResponderEliminar
  2. ahahhahahah oh pá hoje tb armei-me em chiqqqqqqq-saia esvoaçante ...salto alto e ia linda e maravilhosa....10h da manhã, depois de deixar 3miudos e a tralha atrás e estar na loja há meia hora-fui a casa trocar as saias esvoaçantes por um par de calças que a ventania po~e-me a cueca á mostra e trocar os saltos pela bela da sabrina ...toma para aprenderes a não seres chica esperta .
    Boa sorte para o teu resto dia de tortura-mas ri-me posi tá claro-tens uma maneira não gira de nos por a visualizar a coisa

    ResponderEliminar
  3. belo retrato... ou não!

    Essa coisa da luxação foi só para enriquecer o relato da coisa ou é verdade? Gostava muito de conhecer alguém que sofresse de luxação da anca.


    * beijocas

    ResponderEliminar
  4. Afonso, o cão de loiça e Julieta, a pessoa = ironia + caricaturas

    ResponderEliminar
  5. Desculpe-me mas.....ah!ah!ah!
    A cescrição está perfeita !
    Também sou mãe e, se já antes não era grande adepta de « alturas »,depois da cria e com « a artilharia » que sempre nos acompanha....esqueça.
    Mas fez-me rir.
    Uma vez mais.

    ResponderEliminar
  6. às vezes também decido armar-me por aqui e usar saltos altos. mas se a calçado portuguesa só lhe permite andar a 35º, tenho-lhe a dizer que a "calçada" de maputo, ó me permite andar... de gatas :)

    ResponderEliminar
  7. Chorei a rir só de visualizar o filme!... Tenho que voltar todos os dias! Deixei, muito antes de ter crias, os saltos, torcia os pés de 5 em 5 minutos! Saltos só para casamentos! :)

    ResponderEliminar