17.3.14

A coisa está a dar-se, sem milagres ou bora lá, motivar-nos.

Então que lá passou o fim-de-semana.

E não julguem que foi um fim-de-semana em modo “mete-nojo” e “ai que eu agora sou tão saudável”. Nada disso.

No sábado tive direito a pizza das boas e um bom vinho tinto. Comi tudo sem remorsos.

No domingo fui ao treino de super-herói ao peito e consegui a fantástica proeza de correr 4.15km. Logo eu, que sempre pensei que nem 1km seguido era capaz.

Foi uma semana de vitórias. Cheguei aos 2.75km e já me estava a ver à rasca para conseguir os 3km. Depois quando atingi os 3km no domingo, DECIDI, continuar, atentem, DECIDI, ninguém me disse, ninguém me obrigou, nem mesmo eu. Decidi e corri. Fiquei tão contente, que quem olhasse para mim com atenção, ía reparar que eu estava a dançar na passadeira.

Eu estou decidida a treinar mais e a comer melhor. Estou também decidida a não abdicar das coisas que me sabem bem. Estou é a tentar criar novas rotinas. 6 dias de cuidados e maior atenção ao que como e 1 dia de recompensa e maior descontracção pelo esforço. O normal e o que toda a gente apregoa.

Parece tão fácil, e, no entanto, é tão difícil.

Eu também quero, a cada sumo de frutas e vegetais, que o milagre se dê. Que eu vá ao espelho e: “Aleeeeeeeeeeeluuuuuuuuuuuuuuia!” Não vai acontecer.

Eu também quero, a cada ida ao ginásio, mingar e “desvolumar” em minutos. Não vai acontecer.
Miúdas, pá! Todas queremos o mesmo. Então bora fazer, bora pelo menos tentar!

E em vez de olharmos umas para as outras e quase nos comermos vivas, ai porque és mais gira que eu! Ai magra de um raio! Ai gorda e gira, grande parva! Olha o cabelo daquela! Tem a mania, mas tem o rabo gordo! E mimimimimimimimimi…

Ó miúdas pá! Vamos mas é fazer um festim e partilhar a refeição!

Esperem lá, também não sou santa e não sou da paz e não vou passar a dar abraços a quem comigo se cruze e ficar para ali agarrada às pessoas com as palmas das mãos bem abertas nas costas dos outros a espalhar energias positivas, não!

Não há milagres, lembram-se?

Só que há um motivo comum e há também uma vontade que é de todas nós, ser giras no verão, e já agora no inverno e na primavera e no outono, mais não seja para nos alambazarmos no natal.
Então que me dizem? Bora nessa? Vá, miúdas!

É que já não há pachorra para tanta inveja do rabo das outras quando o nosso está espalmado na cadeira, enterrado na fossa dos dias, quando podia muito bem estar a fazer por ser mais giro e empinado!

Bora lá, miúdas! No excuses!

Boa semana!










2 comentários:

  1. Sigo-te no instagram, mas há imenso tempo que não vinha aqui ao blogue...é bom ver que há tanta gente na mesma onde que nós. Também estou a tentar ser mais saudável e como disseste um dia de alguma asneira...Já só penso nos brownies que vou comer Domingo e hoje ainda é terça, bhaaaa, mas nós chegamos lá :D força!

    Já leste o livro "Dieta das Princesas" da Catarina Beato? é um óptimo incentivo ! *

    ResponderEliminar