14.1.15

Pensamento do dia 14 de Janeiro de 2014.

Pensamento do dia, em dia de pé lesionado (há uma semana... inteirinha!), duvidando se serei capaz de ir ao ginásio e receando, caso vá, ficar coxa para toda a eternidade, e, para todo o sempre e mais além, proprietária de um rabo gordo, caso não vá:
"Vou-me deixar de cenas e nunca mais comprarei uns collants abaixo do tamanho ÉLE."
Uma pessoa treina, uma pessoa renega da sua vida o pão, a massa, o arroz (à noite, que de dia tem que consumir energia para gastar energia)... e vai-se a ver e no único dia do ano que decide vestir uns collants está mais anafada que o Buda, sobram-lhe mais carnes que um atleta de sumo, espreme-se para entrar naquele inferno de poliéster altamente inflamável e pergunta-se: "Porquê, senhores?"
O que raio, me deu na cabeça para vestir uns collants? Eu não uso saia desde o 10º ano, em que, num rasgo de... de... sabe-se lá o quê, a travestina da directora do colégio que eu frequentava se lembrou de banir a farda e consequentemente os collants deixaram de fazer sentido para quem como eu baniu as saias.
Na loucura da procura de um estilo próprio, fantasiei-me de collants... assim opacos e tal... pernão à mostra... e depois, plof, pluft, inspira... inspira... encolhe-te, estica, bem esticada e pluft... plufeeeeete... não dá para viver mais de um minuto sem ar, portanto, como raio ía eu sair à rua "inspirada" e esticada num par de collants opacos tamanho ÉME?
E agora este pé assim... lesionado... e este rabo que a qualquer segundo aproveita para bambolear livremente e anafar mais uns gramas...
Pois então que pensei: "Deixa... deixa... positive thoughts, miúda... vá, não desanimes, da próxima compras collants de tamanho ÉLE!" Até te vão escorregar no meio da rua. Será brilhante. Os collants a escorregar e tu a puxá-los e a comentar com quem seja "Ah sabes lá, a roupa escorrega por mim abaixo... não sei o que será isto!" E ouvir de volta: "Ah deves estar mais magra..." Ah paraíso!
Vou alargar esta ideia brilhante a toda a minha roupa, confudir-me-ão com uma rapper da bobadela de baixo dos idos anos noventa e três, mas não vai haver alma que não me diga: "Ah deves estar mais magra..."
Minha gente, uma pessoa esforça-se, dá-lhe forte na passadeira, tipo 6,98Km, 505 calorias depois de 60 minutos na passadeira (GRANDE RECORD PESSOAL!) e depois passam-se umas horas e pé lesionado... é de desanimar completamente...
Uma semana sem treinar, muito mais fome, muito mais desânimo, muito mais de tudo o que não interessa em tons de azul depressão e assim é lixado.
E pelo meio, esta parva tem a tristíssima ideia de ir vestir uns collants e dá por si ainda cheia de carnes a mais...
A única cena positiva assim de repente é ter escrito estas linhas e não ter dito uma asneira que fosse. Porra até estou do caraças (ups... vá, também não é para ser de repente, até me podia fazer mal, pessoas!), não acham? Uma mulher nova, só me falta por este pé operacional.
Gente, comé? Tudo a treinar, se não pó collant, que seja para a praia que está quase aí... não é quase, mas para lá caminhamos. Bora juntos?
Boa semana, pessoas!


3 comentários:

  1. O resto da semana só pode correr bem depois de tanto rir ao ler este post:-)
    Obrigada! Fico à espera do próximo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Bora lá !!!!! O segredo é ir fazer o que se gosta, podem-me tirar tudo menos as aulas de Zumba, nem que esteja cheia de febre estou lá batida!!! Bons treinos.

    ResponderEliminar