14.11.12

“Comé que se fazem bebés? “

Acordar. Tomar banho. Acordar 2 crianças. Preparar 2 crianças e respectiva parafernália. Sair de casa. Enfiar 2 crianças no elevador. Tirar 2 crianças do elevador. Encaminhar 2 crianças para o carro. Encaixar cada criança em respectiva cadeira. Arrancar. Arrancar os cabelos no trânsito. Cantar pela milésima vez “Um elefante estava a saltar, numaaaaa teiiiiiiiiiiiia de aranha!” (Graças a Deus vai só até ao dez, senão… era a insanidade precoce!). barafustar com o marido cenas do dia-a-dia. Largar marido no seu trabalho. Cantar pela milésima e uma vez “Um elefante estava a saltar, numaaaaa teiiiiiiiiiiiia de aranha!”. Tirar 2 crianças do carro. Vestir 2 casacos. Descobrir que se esqueceu dos bibes, PORTANTO mãiiiiiiiiiiiii vai ter que pagar multa!. Deixar a 1ª criança. Correr para deixar a 2ª criança. Ir embora. Encontrar lugar para o carro. A 1km da loja para poupar no parquímetro (esses pequenos bufos, esses “cuninhas” do tiquet fizeram greve? Ainda não os vi hoje, sapos!). Abrir a loja. Aturar gente. Gostar de aturar gente porreira. Desejar pôr gente chata dali para fora. Média de idades 122 anos. Todas as doenças relatadas ao pormenor. Yáaaaaaa tá bem! Quero lá saber das doenças dos outros, fónix minhas! Engolir um almoço, tudo menos saudável, do tipo qualquer coisa. Ir para o outro trabalho. Fazer umas visitas. Descobrir que cada vez mais gente está na iminência de ficar sem casa. Agastar-se com os problemas dos outros e não poder fazer nada. Fazer os relatórios. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Ir buscar crianças, uma em cada edifício. Convencer 2 crianças a despacharem-se. Encaixar cada criança em respectiva cadeira. Arrancar. Cantar pela milésima e duas vezes “Um elefante estava a saltar, numaaaaa teiiiiiiiiiiiia de aranha!”. Ir buscar marido. Arrancar cabelos com 2 crianças, 1 delas com cocó na fralda, dentro do carro à espera do marido. Desesperar com a espera. Refilar com o marido. Marido a refilar. Tudo aos gritos. Acalmar. Ir ao supermercado. Entrar na garagem. Convencer 2 crianças que não dá para irem ao colo porque entre sacos, casacos, mochilas, malas, malas de portáteis, tripé, máquina fotográfica, cenas, cenas e mais cenas, não sobra um dedinho para levantar seja o que mais for! Chegar a casa. Convencer 2 crianças a irem para o banho. Preparar o jantar. Arrumar. Preparar. Fazer. Dar o jantar ao som de todos os sucessos do Panda, ou ao som brasileiro de filmes da Disney traduzidos. Alimentar 2 gatos. Limpar areia dos gatos (um cheiro a merda a dar as boas vindas quando chegamos a casa é suficiente para uma neura bruta!) Arrumar e limpar todos os vestígios de SER OUTRA VEZ PARVA e ter servido (És doida, és?) A.R.R.O.Z às 2 crianças. Fónix, meus! Ainda bem que não estou na China! Cada grão… espalhadinho, por todo o laaaado…! Enfrentar o momento de lavar os dentes, lava, LAVA, esfrega, ESFREGA BEM! Ai pá! Convencer pequenas diabinhas a irem para a cama. Beijinhos, quero águaaaaaaaaa! DURMAM! Tenho comichão! DURMAM! Ai a mana não se cala! DURMAM. Jantar (para conseguir comer em paz, muitas vezes jantamos depois!). Arrumar a cozinha, outra vez. Estender roupa. Vestir pijama. Lavar os dentes. Aterrar na cama. A.T.E.R.R.A.R! ZZZZZZZZZZZZZZ RONC ZZZZZZZZZZ RONC!
Comé que se fazem bebés? Ah, já me recordo, aquela coisa do anda cá, dá beijinho, amassos para lá e para cá, ah, tenho uma vaga ideia…ZZZZZZZZZZZZZZ RONC ZZZZZZZZZZ RONC!
É isto minha gente. Por isso é que há cada vez mais teorias que o auge sexual é aos quarenta, que os quarenta são os novos trinta. Pois! Ai anda cá e tal… Pois! ZZZZZZZZZZZZZZ RONC ZZZZZZZZZZ RONC!
(se depois disto tudo ainda há quem tenha energia para recordar aulas de anatomia, AQUI VAI VÉNIA! SARAVÁAAAA! ZZZZZZZZZZZZZZ RONC ZZZZZZZZZZ RONC!)

6 comentários:

  1. tinha de comentar....Achei o máximo, já me fartei de rir....hahahahahahahhehehehehe

    ResponderEliminar
  2. Pelo menos não tens que convenceromarido a entrar e saír do elevedor e ir trabalhar!!!!! :) Casas onde há crianças é quase sempre assim... E as tuas não acordam trinta mil vezes durante a noite?! Beijos

    ResponderEliminar
  3. Absolutamente fantástica! Descobri há pouco o teu blog e já o li quase todo.
    Identifico-me com tantas situações (sou mãe de duas meninas com a mesma idade das tuas) e nunca, NUNCA, me ri tanto com um blog como me ri neste (o pessoal aqui do trabalho pensa que endoideci de vez :P)

    Continua o bom trabalho, virei visitar-te todos os dias :)

    ResponderEliminar
  4. Olha pra mim assim todos os santos dias...ainda bem que não sou a única, mas a acrescentar aqui que entretanto tenho um bebé de 7 meses......livra

    ResponderEliminar