15.2.13

Rosno!

Quando uma caldeira avaria isso é sinal de muito mais do que apenas uma avaria no sistema de aquecimento de toda uma casa.
Quando uma caldeira avaria isso é só o começo da catadupa de acontecimentos numa casa de 4 humanos e 2 gatos.
Liguei a água e nada. Esperei e nada. Suspirei e nada. Lembrei-me que podia existir um problema na caldeira e logo afastei esse mau pensamento. Exasperei e nada. Bradei aos céus e nada. Nicles. Porra nenhuma de água quente.

Em 5 minutos passou-me à frente dos olhos o que isto iria ser.

A caldeira adoentada só aquece água se estiver o sistema do aquecimento central ligado. Menos mau!
Menos mau se eu, pessoa preguiçosa, a quem o cérebro frita, estala, desliga, de cada vez que o Gil me tenta ensinar como ligar e desligar a caldeira, estivesse atenta durante as lições. Gente, eu até sou engenhocas e não preciso de homens para resolver dramas domésticos. Sou boa com o berbequim e sempre me safei com tudo o resto. Já a minha relação com a caldeira tem sido de desprezo, tu aí, eu aqui, aquece-me os dias mas não me exijas atenção, grata!

Agora, porra, lixei-me bem lixada, pá!

A amorosa da máquina só liga quando chega a hora.… Está programada a santinha! Aquela santa é tão esperta que está programadinha por meu rico marido… Com muita pena minha, a grande fofa  só não está programada com a vontade de fazer cocó da criança da casa que ainda usa fraldas.

E será necessário dizer que ontem o cocó subiu pelas costas da criança? E que eu estava sozinha a meio do jantar? Com tudo ao lume? E será necessário dizer que toda a criança tinha que ser lavada e bem esfregada para que aquele pivete e aquela massa castanha a libertasse? Não é pois não? Pois não.

A criança teve que ser lavada com água fria. Ó mãeeeeeeeeee está fiaaaaaaaaaaa! Muito fiiiiiaaaaaaaa!

E a loiça que não vai à máquina? E a caixa dos cocós dos gatos? E tudo, e tudo e tudo o que necessita de água quente? VELHACA! PREGUIÇOSA! CALDEIRA, O RAIO QUE TE PARTA! Desabafei, minha gente! Desabafei!

Isto faz-se máquina dos infernos? Só penso em martelos… porque será? ROSNO! Pareço um cão de fila!
Grande malvada, será porque tenho tomado banho de água morna… fria… morna… quente… a ferver… fria… morna… morna… AI ONDE ESTÁ O MARTELO? ROSNO! 
Fodahífensefodahífensefodahífensefodahífensefodahífensefodahífensefodahífense… fodidinha que estou… Mas de banho tomado! Não me vencerás!

Os meus vizinhos já devem saber de tudo… ouve-se tudo na casa de banho… de lá para cá… de cá para lá… Fuck! A quem pensarão que eu darei com o martelo? Estou tão tramada se um dia precisar deles como testemunhas abonatórias… tão tramadinha…

Por isso agora quando grito impropérios, a meio da loucura chego-me ao exaustor e blasfemo, blasfemo, para não pensarem que sou desvairada de todo: “Eu vou buscar o martelo! Juro! Dou cabo de ti! Ó Caldeira! Tás “óvir”? Caldeira de um raio! Martelo-te e é já!

Note to self: Ups! Saberão os meus vizinhos que nenhum de nós cá em casa tem o apelido Caldeira? 

Um fim-de-semana quentinho minha gente, é o que vos desejo!

4 comentários:

  1. Eu tenho uma personagem ao pé de mim que tb teve o mesmo problema de água fria! Só que o problema era da torneira....!! O problema depois passou para nós porque não se calava que o zumbido na cabeça era de tomar banho de água fria :/
    Tens zumbido??? ;)

    ResponderEliminar
  2. :D ainda não tenho zumbido, mas já "zumbo"!

    ResponderEliminar
  3. Hummm... mas se foi o teu marido que programou a caldeira... isso não será a maneira de ele te dizer que não foste romântica qb na noite de S. Valentim?
    Eu nem sou de intrigas, mas a caldeira parece-me a menos culpada nessa história!
    ;)

    ResponderEliminar