23.4.13

A pessoa que queria passar despercebida na aula de step ou ginásio parte II

Pois, está bem! Despercebida...

Começa logo à porta do estúdio, senha na mão do professor, olhar de soslaio:

- Primeira vez? - Pergunta-me isto aos gritos porque a música já está em volume máximo!
- Não, não, só que já não venho há algum tempo... Ah... Bem... Há uns aninhuuus e tal...
- Vai correr bem, oh yeah, borá lá people! Minha people! Yeah! Comé que te chamas?
- Julieta…
- Go Julieta, go! Qualquer coisa avisa, diz, não há problem! Borá lá, minha gente!

De repente estou em Miami Vice (nota: não dá para separar a série da cidade, para mim será sempre Miami Vice!) e nem imagino o que aí vem, oh yeah minha gente, borá lá people! Os loucos anos oitenta em versão séc. XXI! Oh yeah!

Despercebida? Pois está bem... E sim, não devias ter vindo com essas calças... Just saying...
Eu queria passar despercebida... A começar pela escolha da t-shirt, “dadores de medula”, e a terminar nas calças, justas e de cor berrante, óptimas para aspirar, péssimas para o ginásio…sou uma pessoa boa, tem dias que sou da paz, do grupo cristão... Tudo errado Julieta, tudo errado! Style miúda é coisa que não te assiste!

Oh yeah! Borá lá! É 1, é 2 e é treeeeeeeeeeêssssss! I`m sexy and I know it!

Durante anos fui praticante de step! Okai ia lá regularmente, isso conta como candidata a croma do step, sabia os passos... a professora já era avó (verdade!) mas enxuta! Também tive um professor de step que usava um apito, era um professor de ginástica de liceu, anos 90, camisola de alças, larga, Piiiiiii! Apitava o homem enquanto nos obrigava a fazer como ele, Piiiiiiiiiii! Toda a minha coordenação motora em cima de um step devo-lhe a ele e é igual a… a… pois!

Borá lá, people! I`m sexy and I know it!

De repente vejo- me no pesadelo, eu na aula de step! Eu a tentar coordenar e passar despercebida!

Go, people, go people, goooooo! JULIETAAAAA tudo bem aí atrás? Oh yeah!

Todos para a direita? 8 “tornozelos” no ar? Julieta para a esquerda, oh yeah, oh yeah ! Toda a classe de olhos em mim, tudo para a direita e eu para a esquerda... Oh yeah! Buraco, buraco, na aflição de me colocar a par, viragem abrupta para a direita e zás e zás mamas em soltura, mama esquerda em ameaça que sai, aí sai, do soutien, tien, tien! Oh yeah, oh yeah! Todos para a esquerda! Julieta em RAID para a direita! Voo razante perto da colega do step do lado! Laddooooooooooo! Todaaaaaaa a classe de olhos posts na ÚNICA pessoa para a direita... Direita, direita! Oh yeah!

Os bofes, os bofes, morro, morro, agua, agua, arfo, arfo, direita? Esquerda... Esquerda? Direita...água… água…arf, arf, arfo, QUE ARFO!

Picture this: uma classe de step, todas jeitosas, todas cromas, todas giras, até aquela com 125 kg, habitué da cena, gorda, mas isso são peanuts... Sabe os passos, gente, sabe os passos! E eu! JULIETA TUDO BEM AÌ ATRÁs?

O sorriso amarelo a emoldurar-me o rosto, o estúdio às voltas, tudo aos saltos, eu agarrada aos rins, a coordenar pernas e braços, MIAMI VICE! OH YEEEEAAAAAH ÉEEE È!

I`m sexy and I know it!

De repente todas correm para colocar os pesos nos tornozelos e aqui a esperta vai e faz igual, nem um passinho, nem 1,5cm o chispezinho levanta do chão… R.I.E.N! Tento arrastar-me até ao tapete e tento fazer os exercícios de localizada com “155kg” em cada tornozelo, levanto uma vez, levanto meia vez e à terceira nem sequer consigo mover um pêlo das pernas, é insano, a minha perna treme… olho em volta e é só pernas no ar… Go people! OLHÓ Verão gente!

I`m sexy and I know it!

A fotografia, devia ter trazido a fotografia! ARF! ARF! ARGGGGGG!

Por fim os alooooongaaaaamentos… momento de felicidade pura!

Já no final  levanto-me do chão e calha olhar para o mega espelho do estúdio. HEI! Quem é aquela toda descabelada? Ah ah ah, não fui a única! Ah ah ah vermelha que nem um pimento! O rabo-de-cavalo todo de lado, a t-shirt dos dadores, a calça berrante… ah… ah… igualzinha a mim… HORROR! Sou eu! GOD!

I`m sexy and I know it!

VOU CONSEGUIR! QUE VOU!

E vocês muita correria louca ou muito ginásio “like in the eighties”? Go people! Go!




( Nota: Apesar de no ginásio não ser o coordenado mais fashionista, a t-shirt dos "dadores de medula" é usada por mim com muito orgulho, não é digna de stylista mas é "way to cool"! E não se esqueçam: não custa nada ser dador/a!)


5 comentários:

  1. Força Julieta, nao desistas, vais conseguir.
    Gostaria e preciso da mesma coragem que tu. O que eu me rio com a maneira como descreves os acontecimentos, parece que estamos mesmo la.
    E bom vir aqui.

    Ligia

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Não conheço este blog há muito tempo, mas tornei-me "addicted". O que eu me rio com o que escreves!! Proibi-me de ler o teu blog no trabalho porque dava demasiada "bandeira". Ninguem percebia porque é que um mail a pedir autorizações me fazia rir desta forma ;) Obrigada pelos bocadinhos de grandes gargalhadas. E força aí no step!

    ResponderEliminar
  4. Vim ver este blog porque uma colega minha de trabalho disse que eu não podia perder isto! Como achei que era muito extenso disse para ela que logo via em casa pois no trabalho não tinha tempo. Ora dou por mim às 0:58 m de 5ªfeira a rir às gargalhadas feita maluca com toda esta história porque parecia que estavam a contar a minha ultima ida ao ginásio. Foi tal e qual! Apesar de ser adepta de desporto (adorar mesmo!)com o nascimento do 2º filho fiquei sem muito tempo de tal maneira que já não fazia desporto há quase 5 meses e pronto foi exactamente o cenário que li neste blog. Espetacular!!! Obrigada pelas gargalhadas!

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho muito medo das aulas de step. É de step e de hidroginástica. Tenho medo que aquela música acabe a desregular-me de vez; eu já não tenho os cinco alqueires bem medidos. Então quando ligam a música da aula de hidroginástica aquilo tem um botão que acciona a minha saída do recinto da piscina, mesmo que as velhotas (da hidroginástica, bem entendido) estejam numa piscina diferente. Não me interessa, tenho medo. E acho muito mal fazerem aquilo às velhotas. Tá bem que elas já são duronas e batidas, estão habituadas ao apita o comboio e à garagem da vizinha e assim, mas mesmo assim. Tenho muito medo. Mas não tenho medo do teu blog e agora vou segui-lo. E volta e meia se calhar venho aqui chatear com um comentário parvo igual a este, sim? :) Beijinhos e muitos parabéns pelo texto magnífico! :D

    ResponderEliminar