15.10.13

Estilo precisa-se!

Em doses industriais.


Estou farta de ser esta coisa desestilosa (sim, tenho um pequeno gnomo

brasileiro dentro de mim e invento palavras!) e fashionista bafienta!


Há dentro de mim uma chama que arde sem se ver, uma pessoa cool que teima

em viver esta vida de morcego, sempre pendurada de cabeça para baixo a ver

a banda passar.


Vou fazer mega limpeza no meu, parco, espólio de trapagem sensaborona.


Ontem decidi que não ficarei com nenhuma peça de andar por casa!


PESSOAS só por aqui se vê! Peças de andar por casa! Vão buscar a picareta e

deem-me com ela! Deem-me forte que eu mereço!


PEÇAS DE ANDAR POR CASA, que ontem se resumiam a:


- T-shirt oferecida pela lanidor num ódio colectivo pelos ratings da Moody's Corporation;

- Calções  de algodão que adquiri no Lidl ( é verdade, no Lidl, picareta nos costados e é já!);

- Uns inconfessáveis sapatos de tai-chi ( houve tempos em que eu usava sapatilhas de  ballet, qual diva, mas depois abrilhantei o meu "andar por casa" com umas sapatilhas de velhote asiático... E até esse tem mais estilo que eu...Sem palavras!)


E para verem que isto só lá vai à picaretada, eu estava de meias, na verdade eram peúgas, curtas pelo tornozelo.


Tssssss! Tssssss! Eu e um velhote asiático e até o Gil não me distinguiria... 


Ontem, quando me olhei de cima para baixo, e vislumbrei o tai-chi shoe e a peúga, tive a certeza:" Estás deplorável mulher, e nem venhas com essa da maternidade e as hormonas... Isso já lá vai há 3 anos, Julieta, 3 anos!"


Ai gente terei cura? Que neura, pá!


Eu entro nas lojas e não gosto de nada ou do que gosto é muito caro, ora não sei conjugar nada... Pffffff! Para a casa sei sempre o que escolher, arrisco e nunca me arrependo, acho que até tenho jeito, agora vestir-me é todo um martírio! E depois só me cruzo com gente gira a quem qualquer bata brilha... Umas parvas, pá. De certeza que não têm indumentárias caseiras... Nem vão ao Lidl... Picaretas, picaretas, por favor! Aqui nos costados! Obrigada!


TOOOOOOoooooÔ chateada! Vou para ali amorcegar! Ou quem sabe dar uso à sapatilhas e tai-chichar a chicha que bem preciso! fui!


Até amanhã.


4 comentários:

  1. Acho que todos temos roupas de casa, são roupas mais usadas, mas suficientemente confortáveis para o efeito. Agora falta de estilo? Estilo é um conceito um tanto ao quanto subjectivo, na minha opinião. Agora deixa-me que te diga, tens muito estilo a escrever. Fico sempre bem disposta e muitas vezes rio até ás lágrimas, quando aqui passo.

    Ligia

    ResponderEliminar
  2. Adorei.
    Estou sp desejosa de ler estas palavras.
    Tb sinto o mesmo, por vezes ...

    ResponderEliminar
  3. Acho que todas nós temos um demónio cá dentro que nos faz andar em casa de roupa confortável entre tarefas domésticas, crianças e cozinha (sim, a cozinha só por si, merece uma categoria dentro das tarefas domésticas!). Imagina-te lá com um vestido vaporoso e saltos altos a aspirar ou de joelos a apanar grãos de arroz! (até me fez rir) Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Eu sei escrever, as minhas filhas é que não perceberam ainda que as teclas do computador depois de arrancadas já não fazem tec tec tec... e voltar a colocá-las correctamente no sítio é quase missão impossível!

    ResponderEliminar