9.10.13

Afonso, o cão de loiça

Há uns anos eu gozava com cães de loiça. O Gil tinha um colega que tinha um em casa, a fazer conjunto com um móvel bar e uma fotografia de corpo inteiro do seu dia de casamento de 1,50mX0,75m a fazer de cabeceira da cama. Para mim os items mais horríveis para se ter em casa. 

Hoje eu sou a feliz e orgulhosa dona de um cão de loiça, dalmata e tudo, portanto um puro sangue de cerâmica!

Uma amiga, obrigada Claudia Alves Carreiro, alertou-me para isto: O meu Afonso na Revista Evasões deste mês! 

Estou que não me aguentam! Coisa mai linda o meu Afonso!


Boa semana!




Sem comentários:

Enviar um comentário