9.10.13

Maridos em fúria.

Tenho a conhecida mania de juntar coisas. Velharias e parafernália. Sou a rainha da sucata e da nossa arrecadação. O Gil passa-se. Diz que um dia entra na arrecadação e perde-se. Equipas de salvamento serão a sua única esperança uma vez que eu sou doida.

Estou decidida a "mudar-me". A partir de hoje regresso à luta. Estou a travar a dura batalha de transformar a minha arrecadação num local arejado e onde se possa entrar e, NA LOUCURA, circular!

Ouvir-se-ão sinos! O tibete e a minha arrecadação! A paz e a harmonia! As energias do universo e as brisas do mar! Aleluias de cada vez que se rodar a chave e se vislumbrar o paraíso das caixas etiquetadas e dispostas por cores e tamanhos!

Marido não acredita! Marido está descrente! Marido acusa a sua amorosa mulher de "tresloucamento arrecadacional"!

Mulher diz-lhe que nada será o que foi e não tarda seu amado marido poderá passear-se na arrecadação e até dar piruetas que nada lhe cairá em cima da cabeça!

Marido mantém a postura descrente porque não compreende que para arrumar a mulher terá que desarrumar, terá que reorganizar o caos, retirar coisas, recolocar coisas, re, re, re, re até atingir o nirvana!

E já comecei o processo. Hoje já de lá sairam uns quantos sacos!

Enchi a mala do carro. E só isso já foi um alivio. Aquilo que eu já não quero parte agora para outras mãos.

Quando hoje de manhã, o saco dos grelhadores caiu no Saldanha, no meio do chão, aos pés do rico marido em fúria, eu soube: "Isto vai ser duro, ó se vai!"

- Opá porra o que é isto? Onde vais tu com os grelhadores? Mimimimimi! Porra pá! Não se pode abrir a mala do carro! E o camandro e mimimimimimi!

Calma homem, os sinos tocarão! Acredita em mim!

Podem imaginar o que me ri? O Gil e o saco dos grelhadores aos pés, no Saldanha? Ri-me sobretudo de nervos, porque mal ouvi o saco e os grelhadores no chão pensei: Ai que é desta que o homem me morde! (E é claro que tinha que ser o saco mais barulhento a cair! Dah!)

Até vai fazer eco na arrecadação, me aguardem!

(Vês marido? Já tornei pública esta questão, agora para além de ti terei toda uma multidão de 3/15 pessoas a exigirem-me resultados! É desta, é desta!)

4 comentários:

  1. ahahah sou igual! E agora, coincidência, também começamos a fazer um destralhamento no ponto crítico, no nosso caso a garagem.
    Se fosse usual por cá fazia uma venda de garagem :)

    ResponderEliminar
  2. E é nestas alturas que eu me sinto quase sortuda em não ter quem me "obrigue" a organizar a minha arrecadação! Na verdade, se em menos de 1 ano ela está como está, no próximo Natal já não consigo abrir a porta, mas depois logo se vê

    ResponderEliminar
  3. hummmm e fotos do antes ? para começares a sentir a pressão de mostrar do depois hã?
    quero ver resultados sim senhora :)

    ResponderEliminar
  4. Sónia há um ano estava assim http://afonso-ocaodeloica.blogspot.pt/2012/06/dia-01-esta-assim.html mantém-se quase na mesma...

    ResponderEliminar