23.4.14

Mãe Bolha.

Sabes, Julieta, não podes gritar assim com as miúdas, tens que ter calma, pareces doida. Por vezes, pareces possuída por um qualquer demónio, daqueles belzebus vermelhos com cabelo crispado e indomável.

Sabes, Julieta, tens que te controlar. Isso até te faz mal.

Sabes, Julieta, os cabelos brancos e as rugas são a consequência do griteiro matinal, da gritaria pelo dia fora e dos guinchos guturais no final da noite.

Não grites Julieta, controla-te. Vais ver que é fácil.

Pareces aquelas bolhas de sabão que a qualquer toque SPLASHHHHHHHH rebentam.

Ai pareço?

Desculpa mundo por querer levantá-las da cama cedo para irem para a escola aprender coisas giras e divertidas. Desculpa mundo se quero alimentá-las a pão e cereais e fruta e iogurtes. Desculpa mundo se as visto e calço e lhes corto as unhas. Desculpa mundo de começo a ficar nervosa com duas escovas de dentes paradas a serem mordiscadas numa calma de caracoleta quando já passa das oito da manhã, desculpa mundo se lhes esfrego a cara bem esfregada para lhes tirar as remelas que lhes ficaram da birra da noite anterior por não quererem ir dormir, DESCULPA MUNDO, já estou aos gritos, desculpa lá, mas é difícil fazer-me ouvir enquanto tento pentear uma cabeça de gente que entretanto se atirou para o chão e grita que é injusto… é injusto o quê mundo? Pentear crianças a espernear no chão, com a roupa lavada acabada de vestir, que gritam que é injusto, sem saberem o que é injustiça, eu estar ali a tentar que saiam de casa vestidas, penteadas e perfumadas, desculpa lá ó mundo!

Olha desculpa quando grito desalmadamente dentro do carro porque me acusam de ser uma má porque não trouxeram um saco cheio de brinquedos e brinquedinhos, que sou injusta, sem saberem o que é injustiça, que gritam mãeeeeeeeeeeeeee, mãeeeeeeeeeeeeeee tenho ranho dá-me um dodot, mãeeeeeeeeee olha a mana está-me a beliscar, mãeeeeeeeeeee tenho sede, quando já beberam água em casa e nem 10 minutos e podem beber água na escola, desculpa mundo, por lhes gritar quando insistem que querem água, descabeladas e choram e choram e choram e guincham e guincham dá-me águaaaaaaaaaaaaaaaaa, és uma injusta, é injusto, tenho sedeeeeeeeeeee, desculpa lá ó mundo, quando me viro para trás e ameaço palmadas no rabo a quem me chama má, injusta, feia, feia, feia, porque já lhes dei água, já as pus a fazer xixi, já as penteei, dei-lhes comida, sacudi-lhes a roupa, dei-lhes dois beijos e desejei-lhes um dia feliz na escola.

Ah espera lá, desculpa mundo porque à noite quando o que mais queria era sentar-me no sofá a ouvir o silêncio, lhes dou banho, enquanto gritam e choram e espalham ranho por todo o lado que não querem lavar o cabelo, o mesmo cabelo onde enfiaram os dedos peganhosos e gordurentos all day long, descupa por querer dar-lhes o jantar, FEITO POR MIM, todos os dias… todos os dias… enquanto se divertem a espalhar bagos de arroz, a comerem com os dedos e depois INEVITAVELMENTE a enfiá-los pelas madeixas que me custam tanto a pentear tal o enriço, desculpa lá mundo, quando após horas a tentar enfiar-lhes comida no bucho perco a paciência e grito que ou comem já tudo ou eu… ou eu… perco a cabeça, GRITO e SplassssssssSSSSSSSsssssHHHH !

E sim, mundo, enquanto estas duas fizerem da ida para acama uma batalha campal, uma mãe e duas crianças histéricas de sono, uma mãe estoirada por providenciar tudo o que é de bom para as suas crianças, e duas crianças estoiradas por lhes correr tão bem a vida, enquanto estas duas me fugirem, se atirarem para o chão, me chamarem má, me chamarem injusta, sem saberem o que é injustiça, porque ipad a esta hora NEM PENSAR, enquanto isso eu vou gritar, porque eu quero o melhor para elas!

Splashhhhhhhhhhhhhh!

Desculpa lá qualquer coisinha ó mundo e boa semana, minha gente do bem!



4 comentários:

  1. também sou assim e sei que não é saudável nem para elas, as filhas, e nem para mim, a mãe.
    Ando a tentar melhorar, e ando a tentar controlar.
    bjos e boa sorte

    Maggie

    ResponderEliminar
  2. Também tenho dias desses... e os meus até são mais velhos.
    Agora acontece mais ao final do dia, porque de manhã já se penteiam (ou não se penteiam!) sozinhos! :P

    ResponderEliminar
  3. Ola Julieta
    tenho 2 filhos (ele e ela) que já são adultos (26 e 22) mas como eu me revejo!!! Acho que só agora me começa a passar o cansaço de todos esses anos (exagero) em que tentei ser super mãe mas em que me sentia mais motorista, mulher-a-dias, enfermeira, psicóloga, funcionária do ministério da educação mãe de 3 em vez de 2, e mais um sem-numero de outras coisas, oscilando sempre entre a sensação de ser má (porque as regras eram comigo) e um amor infinito (sobretudo quando os via dormir). Gosto imeeeeeeeeeeenso de ler o seu blog e do humor que nele emprega. Não sou pessoa de grandes gargalhadas mas faz-me sempre sorrir. Obrigada e continue sempre, mesmo que não lhe apeteça. Bj Graça

    ResponderEliminar